Atualização do Gmail para Android faz o telefone ficar bootloop

No dia 1 de outubro o Google lançou uma atualização do aplicativo Gmail para Android, porém, o que muitos usuários do Gmail e do Android não esperavam é que essa atualização pudesse danificar o aparelho. Isso mesmo, danificar o aparelho (o sistema operacional, claro).

Muitos usuários relataram na página do app na Play Store que após a atualização seus telefones simplesmente reiniciaram sozinhos, e após isso não iniciava mais, ficavam somente em bootloop, ou em bom português em boot infinito, ficava tentando iniciar o sistema “eternamente”.

Comentários dos Usuários que tiveram a “sorte” de atualizar ao app

Isso é só um alerta para os desavisados que não costumam ler os comentários dos demais usuários.

Ah detalhe, até o momento em que vos escrevo não tinha saído uma nova versão.

Abraços e vamos nessa. Deixem seus comentários.

Grave vulnerabilidade pode estar presente em cerca de 750 milhões de celulares

O especialista em segurança Karsten Nohl, fundador da alemã Security Research Labs, fez uma revelação perturbadora à imprensa no último final de semana: cerca de 750 milhões de cartões SIM no mundo todo podem estar sujeitos a uma grave falha de segurança que possibilita roubo de dados do celular e rastreamento de chamadas, por exemplo.

Os cartões SIM, via de regra, são compatíveis com um método de comunicação chamado OTA (Over the Air). Por meio dele, a operadora consegue realizar verificações e alterações remotas no celular do usuário, como permitir que a sua linha seja utilizada em outro país (roaming). Leia mais deste post

Canonical quer arrecadar 32 milhões para fazer Smartphone com Ubuntu

Canonical busca recursos na web para financiar primeiro smartphone equipado com o Ubuntu.

Nesta segunda-feira (22), a Canonical, produtora do sistema Ubuntu, lançou uma campanha para arrecadar fundos para fabricar o seu primeiro smartphone Linux.

O Ubuntu Edge contará com tela de 4.5 polegadas com resolução HD (720p), processador multi-core, 4 GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. O smartphone será compatível com 4G e LTE e rodará com uma versão do Ubuntu própria para dispositivos móveis.

O dispositivo também irá rodar com o sistema operacional Android, em uma configuração “dual-boot”, sendo possível escolher uma das plataformas.

“Em determinado ponto você terá um smartphone de ponta que roda Ubuntu e Android, ambos que também poderão rodar uma versão completa e integrada do Ubuntu para computadores. Que outro aparelho faz isso?”, afirma a empresa em comunicado.

O projeto smartphone Ubuntu Edge precisa levantar US$ 32 milhões de fundos em apenas 31 dias para seguir adiante.

Para colaborar com o financiamento do Ubuntu Edge, os interessados podem desembolsar US$ 600 (apenas hoje) ou US$ 830 pelo aparelho no restante dos dias. Porém, vale notar que o aparelho só será entregue no mês de maio de 2014.

Após o anúncio da Canonical, o projeto já arrecadou mais de US$ 3 milhões em pedidos. Se você quer ajudar, acesse o site Indiegogo e faça a sua doação.

Via: Oficina da Net